"O [Business Intelligence] permite melhorar significativamente os processos e tem um impacto significativo no modelo de negócio"

Formulário de pesquisa

"O [Business Intelligence] permite melhorar significativamente os processos e tem um impacto significativo no modelo de negócio"

"O [Business Intelligence] permite melhorar significativamente os processos e tem um impacto significativo no modelo de negócio"

Para Carlos Soares, coordenador da Pós-Graduação em Business Intelligence and Analytics, "o tratamento de dados é uma tecnologia que permite repensar todo o processo de produção, permitindo maior eficiência e eficácia, aliadas a uma maior flexibilidade e a níveis de personalização dos produtos impensáveis há poucos anos”.

Qual é a importância do tratamento de dados no funcionamento das empresas?

[CS] A maioria das empresas tem hoje em dia sistemas de informação que suportam os seus processos mais essenciais. Por exemplo, um supermercado usa sistemas de informação de vendas para gerir as vendas, o aprovisionamento, etc.

 

Para além da importância desses sistemas no funcionamento das empresas, eles recolhem e armazenam dados. Esses dados contêm muita informação útil sobre o negócio que, no entanto, não está facilmente acessível simplesmente pelo volume de dados ser tão grande.

 

Continuando com o mesmo exemplo, o retalho tem naturalmente muitos dados sobre o comportamento dos clientes como os produtos adquiridos ou mesmo aqueles pelos quais manifestaram interesse, no caso do comércio eletrónico. Esses dados contêm informação que caracteriza as pessoas e os seus interesses, mesmo que de forma imperfeita, e que pode ser usada naturalmente para efeito de contacto com os clientes mas também para organização dos espaços físicos e dos sítios web.

 

Muitas organizações já usam sistemas de business intelligence para navegar nesses dados para extração manual de informação. No entanto essa análise manual tem, naturalmente, limites, como a incapacidade dos humanos de analisarem os efeitos conjuntos de mais do que um pequeno número de variáveis simultaneamente.

 

Para encontrar padrões mais complexos nos dados é necessário usar métodos estatísticos, de machine learning e data mining mais complexos. Alguns exemplos da utilização dessas tecnologias são a recomendação de produtos, músicas e amigos em sítios de comércio electrónico e redes sociais de música e outras, previsão de falhas de equipamentos industriais em ambientes de Indústria 4.0, identificação de fraude em chamadas telefónicas e transações bancárias e apoio ao diagnóstico médico.

 

E pode [o tratamento de dados] influenciar  ao ponto de estar na base de novos modelos de negócio?

[CS] O tratamento de dados é uma parte cada vez mais importante de negócios tradicionais. O retalho tem adotado os sistemas de recomendação como forma importante de, por um lado, obter mais receitas e, por outro, responder melhor às necessidades dos seus clientes. Isto permite melhorar significativamente os processos, focando o negócio do retalho mais no cliente, com um impacto significativo no modelo de negócio.

 

A Farfetch é um exemplo de uma empresa portuguesa cujo negócio depende cada vez mais da qualidade das suas recomendações. Um exemplo mais radical de mudança de modelo de negócio com base no tratamento de dados é o das seguradoras. A possibilidade de recolha de dados de desempenho que existe em qualquer carro hoje em dia permite desenvolver seguros cujo preço depende do comportamento do condutor. No novo paradigma da Indústria 4.0, o tratamento de dados é uma de um conjunto de tecnologias, como os sensores e a cloud, que permitem repensar todo o processo de produção, permitindo maior eficiência e eficácia, aliadas a uma maior flexibilidade e a níveis de personalização dos produtos impensáveis há poucos anos.

 

Um exemplo desse nível de personalização é a Undandy, uma empresa portuguesa que vende sapatos personalizados. E há empresas cujo negócio é montado à volta do tratamento de dados, caso da Feedzai, uma empresa portuguesa que vende serviços de deteção de fraude com base em tecnologias de machine learning.

 

 

Podemos então dizer que em Portugal este tipo de soluções já é utilizado correntemente pelas empresas?

[CS] Em Portugal, há já uma grande percepção pelas empresas e outras organizações do valor desta área que se pode chamar de ciência e engenharia dos dados (data science and engineering). Em particular, a utilização de sistemas de business intelligence no apoio à gestão das empresas já é bastante comum.

 

Apesar de alguns desafios que enfrenta, como o tratamento de fluxos de dados muito rápidos existente, nas empresas de telecomunicações é uma tecnologia muito madura e já há muito know-how em Portugal nesta área, com muitas empresas a fornecerem serviços e soluções de qualidade.

 

No que diz respeito à utilização de tecnologias de machine learning e data mining, houve recentemente um crescimento exponencial do interesse das empresas. Para além das já mencionadas há muitas outras em que se começa gradualmente a usar a tecnologia. Isto é particularmente verdade em grandes empresas, como as dos setores financeiro, telecomunicações e retalho, mas também num conjunto muito interessante de pequenas empresas, em especial start-ups.

 

O grande desafio é, como em muitas outras áreas, a falta de recursos humanos adequadamente preparados para desenvolver projetos nestas áreas de forma a entregar resultados de qualidade.