Paulo Azevedo e Carlos Palhares vencem Alumni Award

Formulário de pesquisa

Paulo Azevedo e Carlos Palhares vencem Alumni Award

Paulo Azevedo e Carlos Palhares vencem Alumni Award

Paulo Azevedo, Co-CEO da Sonae e Carlos Palhares, CEO do Grupo Mecwide foram os vencedores da primeira edição dos Alumni Award, que visam premiar antigos alunos pelo seu percurso profissional e ligação à escola.

O Alumni Day 2017 ficou marcado pela primeira edição do Porto Business School Alumni Award, um prémio que anualmente vai distinguir os membros da rede Alumni com mais de seis mil alunos, que mais se destacaram pelo seu percurso profissional. 

 

Criado com a ambição de promover uma comunidade Alumni cada vez mais dinâmica e mais próxima, o Alumni Award distingue aqueles que têm criado impacto na economia e na sociedade após a passagem pela Porto Business School. “Queremos distinguir todos aqueles que têm implementado aquilo que aprenderam por cá e que nos enchem de orgulho por  pertencerem a esta grande equipa”, sublinhou Ana Maria Sousa, responsável pela unidade de Corporate Relations & Alumni da Porto Business School, na sessão de entrega dos prémios.

 

Tarefa difícil para o júri, a escolha dos Alumni que se destacaram na sociedade e no mundo  empresarial português nos últimos 30 anos, que tiveram impacto nas organizações, na economia e na sociedade,  a vários níveis: pela dimensão nos mercados em que atua , pelo  comportamento ético, pela aproximação e colaboração com a escola e por fazerem a mudança acontecer.

 

“Há muitos Alumni que poderiam ser hoje galardoados e seriam excelentes exemplos do melhor que esta casa ajudou a preparar e do impacto que tiveram na sociedade e na economia”, afirmou Carlos Moreira da Silva, chairman da BA Vidros e presidente do júri.

 

O júri, composto por elementos da direção da escola e do conselho geral, atribuiu o prémio Alumni Career Award a Paulo Azevedo, presidente do Co-CEO da Sonae e Alumnus MBA, e o prémio Alumni Revelation Award a Carlos Palhares, CEO do Grupo Mecwide e Alumnus da Porto Business School.

 

Rasgados elogios para Paulo Azevedo, um “líder e um gestor muito especial, muito completo e muito suis generis. O Paulo é uma pessoa muito bem formada, com grande sentido ético, e com uma grande humanidade (…) Mas além de bem formado, inteligente e rápido, o Paulo é um líder também especial: vive em conflito permanente entre o rigor e a humanidade; entre o rigor e a intuição (ele mesmo se avalia como um “falso analítico”) e tem uma enorme habilidade para olhar para os problemas de uma forma sistémica, mas sem se deixar arrastar para cenários complexos”, sublinhou Carlos Moreira da Silva.

 

Por todas estas características, o júri atribuiu o galardão pela carreira longa e comprovada de Paulo Azevedo, que se mostrou honrado com esta distinção. O Alumnus da primeira turma de  MBA da Porto Business School (1988-89), frisou a importância da sua formação na Porto Business School, que lhe deu uma visão global da gestão e as competências técnicas que não tinha na sua formação de base, em Engenharia Química e reforçou o que entende ser o desafio da Porto BUsiness School na sua missão de formar futuros líderes.

 

“O grande desafio da escola é perceber as mudanças necessárias na educação executiva e estar na frente dos novos temas, dos novos desafios, das novas tecnologias, dos novos modelos de negócio e isso ajuda a estar perto das empresas mas talvez não chegue. A Porto Business School e a Universidade do Porto devem apostar cada vez mais na investigação para serem líderes nesses domínios e apontar caminhos, não só treinar os caminhos descobertos”, afirmou.

 

O prémio Revelação, que distinguiu uma carreira fulgurante de um Alumnus dos últimos 10 anos, foi atribuído a Carlos Palhares, reconhecido não só pelo seu percurso empreendedor de sucesso à frente de negócios como o Grupo Mecwide, presente em 22 países, ou a mais recente aposta na Mub Cargo, mas também pela estreita relação que mantém com a Escola.

 

Carlos Palhares agradeceu à comunidade da Porto Business School pelo contributo, pelo impacto positivo e pela aprendizagem contínua ao longo do seu percurso. “A escola mudou a minha forma de olhar para alguns instrumentos de gestão e sobretudo deu-me a confiança e o saber que tenho de ir à procura do conhecimento permanentemente. A escola transformou-me, claramente”, sublinhou.

 

O Porto Business School Alumni Award é atribuído anualmente no Alumni Day como forma de premiar os antigos alunos que são uma referência e uma fonte de inspiração e que  contribuem para criação de um comunidade global de agentes de mudança.